Aumentar a Libido Feminina - Sintomas e Tratamentos

 



Libido Feminina

Se você encontrou esta página web é porque provavelmente sente que a sua vida sexual já não é a mesma e procura informações sobre como aumentar a libido feminina. Procura algumas dicas ou tratamentos que possam aumentar a sua libido.

No entanto, se você não deseja ter relações sexuais com tanta frequência como o seu parceiro não quer dizer necessariamente que sofra de algum distúrbio sexual ou que precise de aumentar a sua libido, não foge à norma o homem ter mais apetite sexual do que a mulher. Embora possa causar alguns problemas na relação não é indicação de nenhum problema serio.

desejo sexualDa_mesma maneira; ter altos e baixos no seu desejo sexual também pode ser considerado normal. Não existe nenhum número mágico que defina o número de vezes que um casal deve ter sexo. No entanto se os ‘baixos’ começam a ser maiores e mais frequentes que os ‘altos’ então talvez esteja na hora de você começar a procurar métodos para aumentar a libido naturalmente.

O desejo sexual da mulher flutua naturalmente ao longo dos anos. Os altos e baixos da libido feminina coincidem por norma com o princípio das relações (ou com o seu fim), ou então devido a problemas no relacionamento, na vida pessoal ou profissional ou devido a grandes mudanças na vida de uma pessoa, como a gravidez, a menopausa ou qualquer doença. Muitos antidepressivos e outros remédios têm igualmente grande impacto na libido feminina.

Pode ser um problema transitório devido a qualquer um desses fatores e desaparecer naturalmente. Mas se você tem problemas frequentes e prolongados de libido baixa é provável que sofra de uma doença que tem o nome de frigidez – um distúrbio sexual feminino que é o equivalente à disfunção sexual masculina.

Chega ao fim do dia e o seu parceiro quer ter sexo, mas a sua libido não ajuda e você sente-se exausta e apenas quer uma boa noite de sono… Vamos ser realistas: a maioria das mulheres não deseja tanto o sexo como gostaria de desejar. Na verdade um terço das mulheres adultas tem problemas de libido baixa crónicos, que afetam a sua vida sexual e gostariam de conhecer uma maneira natural de aumentar a libido feminina.

Embora seja muito mais comum do que se pensa a verdade é que a frigidez não é ainda muito bem entendida, ou sequer conhecida e mais de metade das mulheres que sofre com frigidez e que poderiam beneficiar imenso com um suplemento que as ajudasse a aumentar a libido, para terem uma vida sexual plena e satisfatória, não faz nada nesse sentido.

Embora a falta de desejo sexual seja apenas um dos distúrbios sexuais que afetam a mulher ele é o mais comum e aquele que mais negativamente pode afetar uma relação.

Mas você não precisa de ficar stressada. Nesta serie de artigos (e na nossa seção dedicada ao aumento da libido feminina) vamos mostra-lhe quais são os sintomas, as causas e os tratamentos para aumentar a libido. Vamos ajuda-la a aumentar a sua libido e a resolver os seus problemas sexuais.

É natural que uma mulher não queira falar destes problemas com o seu parceiro, ou mesmo com um especialista, e a internet é uma excelente fonte de informação e conselhos para aumentar a libido, embora nem tudo o que se encontra possa ser considerado fiável.

No entanto a primeira coisa a fazer, o primeiro passo para aumentar a libido de uma mulher, é primeiro encarar que se sofre de um problema, de um distúrbio sexual que pode ser tratado.

Em certos casos, como no caso dos problemas da libido estarem relacionados com problemas na relação é essencial juntar o parceiro à discussão, pois só resolvendo o problema que causa o decréscimo da libido é possível aumentar a libido naturalmente.

aumentar a libido de uma mulherCaso o distúrbio sexual esteja relacionado com problemas psicológicos, como por exemplo a depressão, ou com medicamentos (por norma antidepressivos ou remédios para dormir) é importante que fale com o seu médico para resolver estes problemas ou mudar o medicamento ou a posologia de modo a que a sua libido possa subir novamente. O mesmo se passa quando o problema se deve a algum dano físico ou a alguma doença.

Mas na maioria das vezes a libido baixa tem como causa algum stress, ansiedade ou mesmo o aborrecimento de uma vida sedentária e monótona (na cama e fora dela) e pode ser facilmente tratada com a ajuda de algumas mudanças no estilo de vida e suplementos naturais para aumentar a libido.

É para este tipo de problemas que a nossa ajuda está orientada. Embora se você procura aumentar a sua libido, e aumenta-la sem efeitos secundários negativos, seja ela qual for a causa, obter informação é o primeiro passo a dar e a informação que disponibilizamos aqui pode ser-lhe muito útil. Continue a ler para no fim poder tomar uma decisão fundamentada e que seja adequada ao seu caso específico.

A primeira coisa que queremos dizer-lhe é que aumentar a libido feminina não é fácil, não existe nenhum botão ou remédio milagroso que possa resolver o problema de um dia para o outro, mas é tratável. E é isso que nos interessa.

Aumentar a libido feminina não é tão fácil como aumentar a libido masculina, pois o cérebro da mulher funciona de maneira diferente do cérebro do homem em muitos aspetos… e na sexualidade é bem diferente. Os tratamentos para aumentar a libido feminina demoram sempre muito mais tempo a terem efeitos reais e as mudanças de estilo de vida demoram igualmente mais tempo a surtir efeito.

Mas a primeira coisa que você tem que fazer é conhecer a diferença entre aumentar o desejo sexual feminino e aumentar a excitação sexual feminina.




Como Aumentar o Desejo Sexual Feminino


A excitação, ou seja, a ereção, é aquilo que se procura tratar nos homens que sofrem com disfunção sexual, mas para as mulheres a simples excitação nem sempre corresponde ao aumento do desejo sexual. Tecnicamente são coisas diferentes.

A excitação é a reação aos estímulos sexuais e atua desde o cérebro até aos órgãos sexuais; no homem dá-se a entrada de sangue no pénis com a consequente ereção e na mulher a vagina lubrifica-se e dilata-se, causando igualmente uma ereção. Mas enquanto a excitação pode ser facilmente obtida com fatores externos o desejo sexual é bem mais complicado, principalmente na mulher.

Nem toda a gente entende que a falta de desejo sexual na mulher seja uma doença e, por conseguinte, que precise de tratamento, pois muitas das vezes a falta de desejo sexual deve-se a fatores físicos ou psicológicos alheios ao sexo, como cansaço físico ou stress/ ansiedade.

libido mulherNa_verdade as pessoas, tanto os homens como as mulheres, não andam simplesmente a “desejar ter sexo” tal como se sente fome quando se está muitas horas sem comer. Este conceito está errado. Como tal não existe um remédio ou tratamento para aumentar o desejo sexual feminino que funcione em poucas horas para fazer uma mulher querer sexo.

Esta ideia dá jeito para vender remédios, mas estes remédios de ação rápida (muita das vezes cremes de aplicação direta na vagina e clitóris) destinam-se a aumentar a excitação, ou seja, aumentar a resposta física da mulher aos estímulos sexuais vindos do parceiro. Embora eles sejam muito uteis para aumentar a excitação e ajudar a mulher a obter o orgasmo mais facilmente, aumentar o desejo (a predisposição da mulher para o sexo) requer outro tipo de tratamentos e sempre de medio longo prazo.

Estes tratamentos, os verdadeiros tratamentos para aumentar o desejo sexual feminino, atuam no cérebro e requerem sempre algum tempo para se tornarem efetivos. Podem ser simples mudanças estratégicas na nossa rotina diária que levam uma mulher a se tornar mais predisposta para o sexo, tratamento de alguma condição física ou psicológica que a esteja a afetar ou tratamentos sob a forma de suplementos, que devem ser tomadas todos os dias, independentemente de haver ou não atividade sexual.

No entanto o ser humano, tanto o homem como a mulher, têm fortes motivações para serem sexuais. O desejo sexual da mulher está por norma relacionado com o gostar de alguém, com o sentir-se emocionalmente ligada a alguém, com o querer agradar ou sentir-se atraente. Se isto não acontece normalmente é porque provavelmente a mulher sobre de algum distúrbio sexual que a impede de reagir normalmente a situações deste tipo e precisa de ajuda – precisa de um tratamento que a ajude a aumentar o seu desejo sexual.

O que estes tratamentos fazem é ‘condicionar’ o cérebro para reagir mais facilmente aos estímulos que normalmente levam uma mulher a sentir desejo sexual pelo seu parceiro ou qualquer outra pessoa pela qual se sinta atraída.

Por isso mesmo os chamados tratamentos para aumentar o desejo sexual feminino podem ser encarados de diferentes maneiras e têm que estar relacionados com a causa que está a interferir com a sua libido:

- Se a sua falta de desejo sexual se deve a alguma doença física esta deve ser tratada antes de mais nada.

- Se sofre de algum problema psicológico este deve ser abordado em primeiro lugar.

- Se a falta de desejo sexual se deve a algum medicamento que anda a tomar para outra doença este deve ser revisto pelo seu médico antes de iniciar qualquer tratamento para aumentar a libido feminina.

libido fracaFelizmente na maioria das vezes não existe nenhum problema específico por detrás do fraco desejo sexual da mulher e ele pode ser estimulado com pequenas mudanças no nosso dia-a-dia ou com remédios naturais para aumentar a libido, os únicos que recomendamos para fazer frente a este distúrbio sexual.

Em primeiro lugar você não se deve sentir deprimida por ter pouca vontade de fazer sexo, ou sequer sentir-se anormal devido a esse fator. Você acredita que estudos realizados nos EUA demostraram que 44% das mulheres sofrem de baixo desejo sexual? Verdade… quase metade das mulheres adultas norte americanas admitem ter um desejo sexual abaixo do que seria considerado normal. E embora os estudos na Europa não sejam tão conclusivos acredita-se que os valores sejam idênticos aos dos EUA.

E estes estudos não são recentes. Calcula-se que com a crescente competitividade profissional e com o degradar da situação familiar e financeira de muitas famílias devido às últimas crises que se têm feito sentir no mundo inteiro este problema ainda se tenha agravado mais.

Para além disso o baixo desejo sexual na mulher (e no homem também) causa stress na mulher, no seu parceiro e na relação, o que agrava ainda mais o distúrbio sexual que a mulher já sente e leva a uma bola de neve que se não for parada pode levar a consequências graves. Consequências muito graves a nível pessoal, a nível familiar e mesmo profissional. É algo que pode afetar negativamente toda a vida de uma pessoa e daquelas que a rodeiam!

Por isso mesmo aumentar o desejo sexual da mulher é crucial para o seu bem-estar e para o bem-estar de todos aqueles que a rodeiam. Não ignore este problema! Mas primeiro você precisa saber quais são os sintomas de um baixo desejo sexual e as causas que podem estar na sua origem.

Se você quer saber como aumentar o desejo sexual feminino conheça os sintomas e as causas de uma libido baixa na mulher.




Sintomas e Causas da Libido Baixa na Mulher


A libido da mulher, o desejo sexual da mulher, pode sofrer alterações devido a um grande número de fatores relacionados com a sua vida amorosa, pessoal e mesmo profissional e, na maioria das vezes, não é motivo de grande preocupação. No entanto se a libido baixa na mulher começa a interferir com o seu relacionamento pode dever-se a problemas que necessitem de atenção.

O desejo sexual da mulher é baseado em uma interação complexa entre diversos fatores onde se inclui o bem-estar físico e emocional, a intimidade com o parceiro, as experiencias sexuais positivas e/ou negativas e mesmo as crenças religiosas. Se você sofre de algum problema em uma destas áreas o seu desejo sexual pode ser afetado. De seguida vamos abordar os sintomas e as causas mais comuns que podem afetar negativamente o desejo sexual na mulher.


Os sintomas que indicam uma libido baixa na mulher são os seguintes:


libido baixa na mulher -_Completa falta de interesse sexual, de qualquer tipo de atividade sexual, incluindo a masturbação.

- Ausência de fantasias sexuais, ou muito menos frequentes do que o que era costume.

- Sentir-se aborrecida e não reagir aos estímulos sexuais do parceiro.

Qualquer um destes três sinais podem indicar uma baixa libido na mulher que requeira tratamento. Se os três se conjugarem então o caso necessita de atenção urgente. As causas de uma libido baixa na mulher podem-se dividir em causas físicas, causas psicológicas e problemas hormonais. Vamos enumera-las de seguida.


As causas físicas mais comuns da libido baixa na mulher são:


- Problemas sexuais. Quando a mulher sente dor durante o coito, dificuldades para conseguir o orgasmo ou não consegue a lubrificação necessária é normal que o seu desejo sexual diminua.

- Problemas de saúde. Muitas doenças não relacionadas com o sexo podem causar uma baixa de libido, como o câncer, a diabetes, a pressão alta e outras doenças cardíacas ou neurológicas.

- Medicamentos. Muitos medicamentos, principalmente os antidepressivos, são fortes redutores da libido.

- Estilos de vida abusivos. O abuso do álcool, de estupefacientes e do tabaco podem ter forte impacto no desejo sexual de uma mulher. Por exemplo, o tabaco diminui a circulação sanguínea, podendo ter efeitos negativos na libido de uma mulher.

- Fadiga. Cansaço devido às tarefas diárias, a tomar conta dos filhos ou devido à atividade profissional também podem baixar drasticamente a libido na mulher. O cansaço devido a problemas de saúde também tem o mesmo efeito. Uma mulher cansada ou debilitada fisicamente não tem pensamentos para o sexo.

- Cirurgias. Qualquer cirurgia pode afetar a libido feminina, mas em especial cirurgias aos seios, aos órgão genitais ou cirurgias que afetem a imagem que temos de nós mesmas.


As causas psicológicas mais comuns da libido baixa na mulher são:


causas psicológicas da libido--Stress. O stress e a ansiedade são autênticos assassinos da libido. Uma mulher que ande ansiosa ou stressada por qualquer motivo dificilmente terá uma libido alta.

- Problemas mentais. Os problemas não precisam de ser reais, qualquer problema psicológico, real ou imaginário, pode afetar negativamente a libido duma mulher.

- Baixa autoestima. Uma autoestima em baixo ou uma imagem negativa do corpo, como por exemplo excesso de peso, pode afetar a maneira como lidamos com as relações sexuais.

- Experiencias negativas. Qualquer experiencia relacionada com o sexo que tenha sido negativa pode afetar a libido de uma mulher. Abusos sexuais ou práticas que possam ser contraditórias com a sua precessão da sexualidade ou com a sua religião também podem ser incluídas nos problemas psicológicos que afetam a libido.


Os problemas hormonais mais comuns da libido baixa na mulher são:


- Menopausa. Durante a menopausa os níveis de estrogénio descem consideravelmente, o que leva naturalmente a uma baixa da libido e, porventura, à secura vaginal, levando a relações sexuais pouco agradáveis ou mesmo dolorosas. Embora nem todas as mulheres sejam muito afetadas pela menopausa algumas apresentam fortes sintomas de libido baixa.

- Gravidez. As alterações hormonais que se fazem sentir durante a gravidez ou logo a seguir ao parto podem afetar fortemente o desejo sexual das mulheres. E não é só os problemas hormonais que são afetados pois o cansaço e a ‘pressão’ da gravidez também podem afetar a libido.

- Aleitamento. O aleitamento e os efeitos psicológicos do amamentar, assim como o cansaço de tomar conta de um recém-nascido e a falta de dormir podem também contribuir para baixar o desejo sexual da mulher. O próprio interesse despertado pelo bebé pode colocar o seu parceiro sexual, e o sexo, para segundo lugar.


Por fim, temos os problemas na própria relação:


aumentar a libido--Intimidade. Para a maioria das mulheres a intimidade partilhada com o seu parceiro é um requisito essencial para aumentar a libido e o desejo para ter sexo. Devido a isso qualquer problema de relacionamento pode levar a um forte declínio na libido.

- Falta de intimidade por parte do parceiro. Um afastamento ou uma mudança na atenção que costumava receber por parte do parceiro pode levar a distúrbios no desejo sexual. Por exemplo, um aumento de trabalho no parceiro ou problemas pessoais que reduzam o tempo disponível para a relação pode afetar negativamente a mulher.

Basicamente, estes são os sintomas e as causas de uma libido baixa nas mulheres e se você sente que a sua libido já não é o que era antes deve tentar descobrir o que pode estar a levar a essa situação e tentar resolver a situação.

Agora que já sabe as causas que podem levar a uma libido baixa descubra os tratamentos para aumentar a libido feminina.




Tratamentos para Aumentar a Libido Feminina


As farmacêuticas têm-se esforçado bastante para obter um medicamento que possa aumentar a libido feminina e até agora apenas um foi aprovado para uso humano, o Addyi, mas tem tantos efeitos secundários potencialmente perigosos que o seu uso é por nós completamente desaconselhado.

Por outro lado os remédios naturais têm trilhado este caminho com mais sucesso e mais abaixo já lhe apresentamos os melhores remédios naturais que pode escolher para aumentar a libido feminina. Mas primeiro vamos apresentar-lhe alguns alimentos e procedimentos que você pode adotar e que a ajudarão a aumentar a sua libido naturalmente. Estes procedimentos funcionam por si mesmo e, quando acompanhados por um dos suplementos para aumentar a libido feminina que recomendamos, os resultados são muito efetivos.

A maioria das mulheres utiliza medicamentos ou remédios naturais para aumentar a sua libido. No entanto existem alguns tratamentos naturais que podem dar uma ajuda a recuperar a sua libido, aqui fica a lista dos alimentos mais conhecidos pelas suas propriedades afrodisíacas:

Abacates - Os abacates são conhecidos por serem excelentes afrodisíacos e podem dar-lhe aquela energia sexual que você anda à procura. Os abacates são ricos em vitamina B6, potássio e ácido fólico, entre outros ingredientes conhecidos por aumentarem o desejo sexual feminino.

Bananas - As bananas, que também são ricas em potássio e em vitaminas B são ótimas para incentivarem a produção de testosterona. As bananas são uma boa fonte de energia e aumentam o desejo sexual, tanto na mulher como no homem.

Alimentos Aumentar Libido FemininaOstras - As ostras são bem conhecidas pelas suas fortes propriedades afrodisíacas e, como são muito ricas em zinco, são excelentes para a saúde dos órgãos genitais de ambos os sexos.

Espargos - Os espargos são ótimos para aumentarem a produção de hormonas sexuais naturalmente. São uma excelente fonte de vitamina E, que como sabemos tem um forte efeito no aumento natural da libido.

Ovos – Os ovos, ricos em vitaminas B6 e B5 ajudam a reduzir o stress e a ansiedade, ajudam a equilibrar as hormonas e a aumentar a libido.

Figos - Os figos contêm diversos aminoácidos que são excelentes para o aumento da libido feminina. Como pode consumi-los frescos ou secos estão facilmente disponíveis o ano todo.

Ginseng - O ginseng é uma planta muito popular para tratar problemas sexuais e é muito utilizado nos suplementos naturais para o desempenho sexual, tanto dos homens como das mulheres.

Muira Puama - Outra excelente planta para aumentar a libido feminina, com forte impacto no desejo sexual e na intensidade dos orgasmos. Também muito utilizada nos suplementos para este efeito.

Damiana - Outro dos extratos vegetais muito utilizados nos suplementos sexuais masculinos e femininos que tem forte impacto sexual.

Para além dos alimentos citados acima existem outros tratamentos naturais para aumentar a libido feminina que você deve experimentar:

Yoga e Exercício - Como já antes dissemos o stress é o maior assassino da libido, principalmente nas mulheres, e tudo o que ajude a combate-lo, como a Yoga, a meditação e o exercício, são excelentes maneiras de aumentar a libido feminina naturalmente. Para além disso o exercício ajuda a perder peso e a modelar o corpo, o que por si só já ajuda a despertar o desejo sexual.

Momentos íntimosMomentos íntimos com o seu parceiro - Marcar no calendário dias para fazer sexo pode não ser muito boa ideia e tornar uma coisa naturalmente boa numa obrigação, mas reservar algum tempo para ter alguma intimidade com seu parceiro pode ser uma boa maneira de despertar o desejo sexual enclausurado dentro de si. Brincar e partilhar tarefas que criem cumplicidade pode ser uma grande ajuda para aumentar a libido naturalmente.

Aconselhamento psicológico - Para os problemas mais graves, ou aqueles que envolvem problemas na própria relação, procurar a ajuda especializada de um psicólogo pode ser uma boa maneira de ultrapassar a libido baixa.

No entanto, aumentar a libido feminina não é uma coisa simples e portanto o melhor mesmo é fazer uso de todas as armas que tivermos ao nosso dispor. Conjugar alguns dos alimentos apresentados acima com os conselhos que enumeramos a seguir e com um bom suplemento natural para aumentar a libido feminina pode ser a fórmula certa para conseguir reavivar aquele prazer que entretanto se perdeu e que você tão avidamente procura.




A seguir, para finalizar, deixamos-lhe aqui uma breve apresentação dos melhores suplementos no mercado para aumentar a libido feminina de maneira eficiente e isenta de perigosos efeitos secundários.

HerSolution

HerSolutionHerSolution é um excelente remédio natural para aumentar a libido feminina, que através dos seus ingredientes naturais terá um forte impacto no aumento da sua libido. HerSolution para além de aumentar o desejo sexual também atua no equilíbrio das hormonas e na estimulação sexual através do aumento do fluxo sanguíneo na zona genital. Sendo assim, não aumenta apenas o apetite sexual mas também o prazer sexual – duas coisas interligadas que irão dar um forte empurrão à sua libido.

HerSolution é a primeira pilula para aumentar a libido feminina que combina uma vasta gama de ingredientes naturais, seguros e eficientes numa combinação 2 em 1 para efeitos redobrados. Mais nenhum outro suplemento para a libido feminina usa esta poderosa combinação para lhe oferecer resultados tão rapidamente!

Provestra

ProvestraProvestra é um suplemento natural que já provou ser muito efetivo no aumento da libido feminina. Provestra um dos melhores suplementos para aumentar a libido feminina à venda no mercado. Composto por uma vasta gama de extratos vegetais, vitaminas e outros ingredientes, que se complementam uns aos outros para equilibrar as hormonas femininas, aliviar o stress, melhorar o humor e melhorar a resposta sexual da mulher aos estímulos sexuais, apresenta benefícios que mais nenhum outro suplemento apresenta. Para além disso tem na sua composição alguns dos melhores afrodisíacos vegetais que são conhecidos.

Estes são os dois melhores suplementos para aumentar a libido feminina. Experimente-os, se puder, e não se vai arrepender. Também recomendamos outros suplementos que podem, talvez, ser mais do seu agrado. Nos links mais abaixo pode saber mais sobre estes dois e todos os outros que recomendamos. Dê uma vista de olhos e escolha aquele que for mais do seu agrado.

 
 
 
  Os Melhores Tratamentos para Aumentar a Libido
 
  Provestra  
   
  Provestra
   
 
   
   
» Sobre Nós » Contatos » Termos
  Google Plus Facebook Pinterest TouTube  
As informações contidas neste site têm por objetivo apenas fins educacionais. Esta informação nunca deve ser tida como conselho medico ou como prescrição de tratamentos para qualquer doença.

PLPinto.M. ® All rights reserved.