Salud Sexual Salud Sexual
Salud Sexual Salud Sexual
 

Como Melhorar o Libido da Mulher

 
É natural que durante a vida de uma mulher ela note mudanças na sua libido. Pode ser quase como um carrossel. Num instante pode estar afim e preparada, no outro pode estar completamente esgotada. Existem muitas influências que podem afetar a libido de uma mulher. O motivo pode ser qualquer coisa, desde mudanças no estilo de vida a certos medicamentos que lhe foram receitados.

Ao tentar resolver este problema, elaborei uma lista de algumas das razões mais universais (e soluções) para uma libido enfraquecida; pode ser possível corrigir as circunstâncias com algumas mudanças simples.


1. Situação e Estilo de Vida

Melhorar o Libido da MulherQuanto mais velhas nós, enquanto mulheres, nos tornamos, mais responsabilidades temos de encarar. Quando éramos novas a maioria de nós tinha um apetite sexual muito ativo que foi alvo de uma queda dramática quando nos tornamos mais velhas. O tempo entre trabalho, crianças, amizades, hobbies e cuidar de casa não deixa muito tempo para sexo. E depois, quando finalmente encontramos algum tempo livre, muitas das vezes a última coisa em que estamos a pensar é sexo; muitas vezes simplesmente queremos ler um bom livro, ver televisão ou dormir um pouco. Não é que nós não queiramos ter sexo, simplesmente a sua prioridade tornou-se mais baixa.

Senhoras, temos de nos lembrar que o sexo é uma parte muito importante de um relacionamento adulto. Isso pode querer dizer que terá de ser um pouco mais prática e criar tempo para sexo na sua agenda. Pode soar um pouco estranho, mas se é a única forma de garantir que tem uma chance para fazer amor, então deve fazê-lo.

Corresponda uma ou duas noites por semana quando tem de passar tempo romântico com o seu parceiro. Está na altura de aumentar um pouco a intensidade: por exemplo, tome turnos trazendo algo de novo para o quarto, tais como brinquedos, filmes ou técnicas. A ideia de marcar estes encontros de forma antecipada é para que faça um compromisso, e comece a entrar na mentalidade de que terá de acontecer. Isso dá à sua mente e ao seu corpo tempo para se preparar e irá ajudar a entrar num ambiente romântico de forma mais fácil.


2. Mentalidade – Ansiedade, Estresse e Medo

Sexo é a última coisa na mente de uma mulher quando ela está estressada, ansiosa ou assustada. Pode ser relacionado com o trabalho, um problema no relacionamento, um problema familiar ou financeiro, e pode reduzir drasticamente a libido de uma mulher. Como é que uma mulher se pode sentir sexy quando está preocupada com os pagamentos ao banco? Medo e ansiedade associados ao sexo em si podem também causar problemas. No mundo moderno, existe medo de doenças sexualmente transmissíveis ou de gravidez, e todos esses fatores podem afetar a libido e baixar a chance de ter uma experiência sexual positiva.

A maneira de combater o estresse, medo e ansiedade é primeiro garantir que o corpo está saudável. Esta responsabilidade está a seu cargo, ao comer bem, beber água suficiente, fazer exercício regularmente ou até mesmo ao praticar técnicas de relaxamento como yoga e meditação.

Pode parecer um encargo, mas se não o vai fazer pela sua saúde, então faça-o pela sua vida sexual. O próximo passo é fortalecer a mente ao fazer coisas que são positivas para a sua mente, tal como ler, resolver um puzzle, falar com amigos, filhos e o seu parceiro, ou escrever no seu diário. Se tiver um corpo e mente saudáveis, irá tornar-se muito mais capaz de lidar com problemas no quarto.

Se já tentou estes métodos e ainda assim sente que a ansiedade e medo estão a interferir com a sua libido, pode estar na altura de procurar ajuda qualificada. Se está à vontade com isso, experimente falar com um terapeuta do sexo. Um psicólogo, treinador pessoal ou conselheiro matrimonial podem também ajudar a que se sinta melhor e a que retire mais prazer do sexo.


3. Rotina e Aborrecimento

Como Melhorar o LibidoÉ_fácil cair na rotina, e isso pode ser um ataque à sua libido. O ideal de muitas mulheres é estar numa relação monógama, mas depois de 20 anos é perfeitamente normal estar aborrecida ou menos inspirada pelo seu parceiro. Depois de tanto tempo juntos, provavelmente já tentaram a maior parte das coisas, e eliminaram ou esqueceram-se de tudo o que não experimentaram. Isto também se pode aplicar a casais que estão a namorar há mais de seis meses, pois também eles podem cair numa espécie de rotina romântica depois dos primeiros tempos mais intensos de uma nova relação. Pode acabar consigo usar sempre a posição de missionário de cada vez que rola. E não há problema nenhum com isso, mas toda a gente precisa de um pouco de variedade e espontaneidade nas suas vidas.

Está na hora de voltar aos elementos mais básicos. Tente se aproximar do sexo como uma experiência totalmente nova e esqueça tudo o que gosta e que não gosta. Aproxime-se do seu parceiro e fale acerca do que quer experimentar na cama. Pode ser exatamente o que precisa para introduzir algo de novo no seu quarto.

Existem muitas formas de revigorar a sua vida sexual: compre um brinquedo e use-o com o seu parceiro, veja alguns vídeos picantes e tente recrear a cena ou leia alguns livros de sexo ilustrados com o seu parceiro. Pode sentir algum embaraço inicial com estas novas experiências, mas se mantiver uma mente aberta em breve irá descobrir que as suas novas experiências conduzem a mais divertimento e satisfação.


4. Problemas no Relacionamento

Se guarda algum rancor ou sentimento negativo em relação ao seu parceiro, este deve ser falado antes. Se existe um conflito ou problema mal resolvido, isso irá fazer com que os seus sentimentos e desejos sejam comprometidos. Quando carrega sentimentos negativos acerca de um parceiro, o seu nível de atração por essa pessoa pode reduzir dramaticamente e em alguns casos mais graves nunca mais voltar. Pode ser algo tão simples como falta de higiene apropriada, ou algo mais complexo, como infidelidade; qualquer que seja o caso, esses problemas têm de ser resolvidos antes que se sinta de novo sexualmente atraída pelo parceiro.

Comunicação é a chave de um bom relacionamento. Se não fala com o seu parceiro, os sentimentos negativos irão continuar a crescer até que resulte em um conflito. Se falar um com o outro não resolve, então talvez isso signifique que deve experimentar um conselheiro ou terapeuta para mover as coisas para um caminho positivo. E se isso não funcionar, então talvez seja altura de consultar um terapeuta do sexo, pois podem existir problemas profundos de que nem sequer se aperceba. Infelizmente, se todos estes métodos falharem, então talvez isso signifique que a relação já correu o seu percurso e que está na hora de dizer adeus. Pode ser um momento triste, mas o sexo é uma parte importante da sua vida e de um relacionamento e você deve aproveitar isso.


5. Complexo Corporal

aumento de desejo sexualNinguém está sempre cem por cento satisfeito com o seu corpo, como já falei em outras partes do meu website. Talvez seja alguma gordurinha a mais, uma ruga mais incomodativa, ou um problema com o tamanho dos seus seios. A verdade é que para se sentir positiva acerca do sexo então você tem também que estar feliz com o seu próprio corpo. Como já disse, todos nós temos imperfeições (reais ou imaginárias) e temos de as aceitar e de viver com elas. Se não consegue, então talvez esteja na altura de tomar uma medida mais drástica.


6. Envelhecendo

A idade nos apanha a todos e deixa a sua marca nos nossos corpos. Existe uma perda de massa óssea, mais facilidade na doença, problemas de articulação, cabelo branco, a lista continua. A menopausa e a queda de produção de testosterona (sim, nas mulheres também) são algumas das razões para uma redução de libido, mas medo, ansiedade e depressão acerca do envelhecimento também contribuem.

Se está na menopausa, é importante que perceba as mudanças que estão a ocorrer no seu próprio corpo. Pode significar procurar um médico acerca de tratamentos para algumas das mudanças físicas que estão ocorrendo e afetando o apetite sexual. O uso de Estrogênios em quaisquer das formas pode aumentar o fluxo de sangue para a vagina e aumentar o excitamento, levando a um aumento de desejo sexual. Terapia hormonal que inclui doses baixas de androgênios tem sido comprovada em aumentar a libido reduzida. Pode até mesmo ser algo tão simples como o uso de lubrificantes para obter um efeito imediato se está com problemas de lubrificação.


7. Abuso Sexual

melhorar libido mulherAs_pessoas que tiveram a pouca sorte de sofrer abusos sexuais podem ter mais dificuldade com intimidade física. É uma reação natural e leva tempo até a mente e o corpo lidarem com essas experiências dolorosas, mas existe pouca atenção prestada à nossa sexualidade. Se isto se aplica a si pessoalmente, por favor, saiba que existem muitas pessoas que sofreram abusos sexuais e conseguiram ter relações sexuais saudáveis e satisfatórias. Demora tempo, requer paciência, compreensão e algum aconselhamento. Isso não pode ser apressado e você deve tomar todo o tempo que quiser e só se tornar íntima quando estiver preparada. Nunca deixe que alguém a pressione com algo que não se sente confortável.


8. Medicação

Sabe-se há muito tempo que os efeitos da pílula conduzem a uma libido mais reduzida. A produção de androgênios mais reduzida e redução dos níveis de testosterona podem fazer com que a mulher sofra uma libido mais fraca e menor lubrificação vaginal.

Existem outras medicações que também reduzem o desejo, tais como tranquilizantes, comprimidos para a tensão alta e estabilizantes de humor. Também deve ser falado que até mesmo medicação que não está diretamente ligada ao apetite sexual pode ter um efeito adverso no seu desejo sexual. Quando está a falar com o seu médico acerca de uma qualquer medicação nova que ache que está a ter um efeito negativo na sua libido, peça por uma alternativa.

Depressão parece ser parte da vida moderna. Se está a sentir-se em baixo e não consegue ultrapassar esse sentimento, isso pode querer dizer que está deprimida. Se está sentindo isso, pode estar na hora de consultar um médico. Depressão faz com que muitas pessoas fiquem sem rumo, entorpecidas, zangadas, tristes e muito emocionais. Depressão também terá um efeito muito significativo na libido. Sabe-se que quase setenta e cinco por cento das pessoas que sofreram depressão também sofreram uma redução do apetite sexual.

Algumas das drogas usadas para tratar depressão também podem conduzir a disfunções sexuais, tais como orgasmos retardados e conduzir a efeitos adversos no apetite sexual.


9. Problemas Médicos

Existe um grande número de problemas médicos que podem reduzir a libido, tais como problemas com a tiroide ou deficiências hormonais (especialmente em pessoas de idade avançada). Tudo o que afete negativamente o seu metabolismo (incluindo dieta, acidentes, traumas e doenças) irá obviamente causar um apetite sexual mais baixo; também é importante notar que uma em cada cinco mulheres sofre de uma desordem chamada HSDD que causa um apetite sexual baixo.


Conclusão

Não existe algo como uma libido normal, pois todas nós somos diferentes e temos apetites sexuais distintos. Se está sentindo frustração por uma falta de desejo sexual, tenha calma. O seu sentido pessoal de normalidade é definido por como se sente acerca da sua sexualidade e se a está exprimindo de forma positiva. Se está confortável acerca da sua sexualidade então parabéns; no entanto, se está sentindo que precisa de um empurrão gentil na direção certa, então explore algumas das soluções e remédios listados aqui. Não existe cura milagrosa, e algumas das soluções que resultaram para algumas pessoas podem não resultar para si. Mas apenas precisa de tempo e paciência.
 
 
TAGS:
melhorar libido mulher; aumento de desejo sexual; aumentar libido reduzida
Os Melhores Tratamentos para a Libido Feminina
 
Recomendado
 
 
Artigos Relacionados
 
Aumentar a Libido  
Tudo o que precisa saber sobre como aumentar a libido naturalmente encontra nestes 4 artigos
 
Estimular Naturalmente a Libido da Mulher Estimular Naturalmente a Libido da Mulher
 
6 Maneiras Fáceis de Aumentar a Libido em Mulheres 6 Maneiras Fáceis de Aumentar a Libido em Mulheres
 
Sintomas e Causas da Libido Baixa na Mulher Sintomas e Causas da Libido Baixa na Mulher
 
Aumentar o Desejo Feminino  
Você pode facilmente restaurar ou aumentar o seu desejo sexual com remédios naturais sem correr qualquer perigo ou efeitos secundários.
 
Como Aumentar a Libido Feminina Naturalmente Como Aumentar a Libido Feminina Naturalmente
 
Como Melhorar o Libido da Mulher Como Melhorar o Libido da Mulher
 
Porque as Mulheres Usam Suplementos para Aumentar Libido? Porque as Mulheres Usam Suplementos para Aumentar Libido?
 
Categorias
 
Aumentar Penis

Ejaculação Precoce

Disfunção Erétil

Aumentar Testosterona

Aumentar os Seios

Aumentar Libido Feminina

Perder Peso

Outros Problemas
 
Tratamentos Recomendados
 
Provestra HerSolution
Feminil Vigorelle
 
» Sobre Nós » Contatos » Termos
  Google Plus Facebook Pinterest TouTube  
As informações contidas neste site têm por objetivo apenas fins educacionais. Esta informação nunca deve ser tida como conselho medico ou como prescrição de tratamentos para qualquer doença.

PLPinto.M. ® All rights reserved.